Página Inicial » Suplementos e Fitness

CappuFIT Whey

Ref: 9609

R$ 107,00

ou 7x de R$ 15,29 sem juros

Calcule valor do frete:

Descrição

CappuFIT Whey

Whey Protein na forma de Cappuccino, com 2g de colágeno e 13g de proteína por dose!!!

0% GLÚTEN     0%CORANTES

 

RELAÇÃO WHEY PROTEIN E HIPERTROFIA MUSCULAR

Segundo Phillips (2011), crescentes evidências apoiam a conclusão de que o consumo de proteína próximo ao exercício de resistência promove uma maior hipertrofia muscular. Para ele, trabalhos recentes indicam que certos tipos de proteínas, em particular aquelas que são rapidamente digeridas e elevadas em leucina (como a proteína de soro), parecem ser mais ecientes na síntese da proteína muscular. Sendo assim, a prática continuada do consumo deste tipo de proteína após o exercício, deve levar a uma maior hipertrofia. Portanto, o consumo de proteína de soro de leite no momento pós exercício de resistência é uma estratégia para promover à síntese.

RELAÇÃO SOBRE REDUÇÃO DA GORDURA CORPORAL ATRAVÉS DO CONSUMO DE WHEY PROTEIN

Lipogênese

O whey protein ainda apresenta outra vantagem sobre a redução de gordura corporal, que é o fato de ser rico em cálcio. Quando aumentado na dieta, o cálcio reduz as concentrações de hormônios calcitrópicos, que, em altas concentrações, estimula a transferência de cálcio para os adipócitos, o que proporciona lipogênese e redução da lipólise. Portanto, a supressão dos hormônios calcitrópicos, mediada pelo cálcio dietético, pode ajudar a reduzir a deposição de gorduras nos tecidos adiposos (Zemel citado por Haraguchi, Abreu e De Paula, 2006).

Saciedade

Estudos comprovam que as proteínas do soro favorecem o processo de redução da gordura corporal (Haraguchi, Abreu e De Paula, 2006; Maestá e Colaboradores, 2000). Conforme Hall e Colaboradores citados por Haraguchi,

Abreu e De Paula (2006), foi demonstrado que quando voluntários ingeriam proteínas do soro de leite 90minutos antes das refeições, apresentavam uma redução signicativa do apetite, com isso diminuía a ingestão energética e se sentiam saciados. Essa percepção, apesar de subjetiva, estava relacionada às maiores concentrações sanguíneas de CCK (colecistoquinina) e do peptídeo similar ao glucagon (GLP-1), hormônios intestinais supressores do apetite, geradas pela ingestão da solução contendo as proteínas do soro. Esse resultado foi comparado à ingestão de caseína, que não proporcionou o mesmo efeito.

 

Composição:

Whey Protein --------------------------- 13g
Colágeno Hidrolisado ------------_---- 2g
Base Cappuccino Fit ------------------ 1un
Pote --------------------------------------- 375g

Sugestão de uso: Aqueça 150ml de água. Em uma xícara ou caneca, adicione 1 dose* (25 gramas) de CappuFIT WHEY em parte dessa água. Mexa bem até dissolver por completo. Adicione o restante da água e misture até obter uma espuma. Se desejar uma bebida mais cremosa, substitua a água por leite desnatado ou integral, conforme orientação do seu médico ou nutricionista.

* Uma dose equivale a quatro colheres medida

INGREDIENTES: proteína concentrada do soro do leite, leite em pó desnatado, colágeno hidrolisado, café solúvel, cacau em pó, canela em pó, aroma chocolate pó, sucralose.

 

REFERENCIAS

1. Antunes, J. A. Funcionalidade de Proteínas do Soro de Leite Bovino. Barueri. Manole. 2003.
2. Maestá, N.; Cyrino, E.S.; Angeleli, A.Y.O.; Burini, R.C. Efeito da Oferta Dietética de Proteína sobre o Ganho Muscular, Balanço Nitrogenado e Cinética de 15 N-Glicina de Atletas em Treinamento de Musculação. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. São Paulo. Vol. 14. Núm. 3. 2008. p. 215-220.
3. Haraguchi, F.K.; Abreu, W.C.; De Paula, H. Proteínas do Soro de Leite: Composição, Propriedades Nutricionais, Aplicações no Esporte e Benefícios para a Saúde Humana. Revista de Nutrição. Campinas. Vol. 19. Núm. 4. 2006. p. 479-488.
4. Sgarbieri, V.C. Propriedades Fisiológicas-Funcionais das Proteínas do Soro de Leite. Revista de Nutrição. Campinas. Vol. 17. Núm. 4. 2004. p. 397-409.
5. PHILLIPS; S.M. The science of muscle hypertrophy: making dietary protein count. Proc Nutr Soc. v.70; n.1, 2011
6. Maestá, N.; Cyrino, E.S.; Nardo Junior, N.; Morelli, M.Y.G.; Santarém Sobrinho, J.M.; Burini, R.C. Antropometria de Atletas Culturistas em Relação à Referência Populacional. Revista de Nutrição. Campinas. Vol. 13. Núm. 2. 2000. p. 135-141.

 

Deixar um Depoimento

Avaliação